Ação social orienta periferia em Brasília sobre os seus direitos justicahumanitariasocial 7 de dezembro de 2022

Ação social orienta periferia em Brasília sobre os seus direitos

A Ação Comunitária VOCÊ TEM DIREITO oferece gratuitamente orientação à população em relação aos seus direitos.                       

A Ação social VOCÊ TEM DIREITO realizada em setembro em Samambaia Sul 

A Ação social VOCÊ TEM DIREITO realizada em setembro em Samambaia Sul 

No segundo semestre deste ano, a Justiça Humanitária Social (JHS) e o Instituto de Popularização do Direito (IPOD), realizou uma Ação Comunitária renomada de VOCÊ TEM DIREITO na região administrativa de Samambaia Sul no Distrito Federal, disponibilizando atendimento jurídico humanizado gratuitamente para as pessoas em estado de vulnerabilidade social e que estejam sofrendo abusos, perseguição, injustiça ou estejam com os seus direitos violados como seres humanos, possibilitando um atendimento sobre seus direitos, em especial nas áreas do Direito Penal, Previdenciário, Trabalhista, Família e Consumidor.

O projeto também contou com a colaboração da Caring Friends, Cliniprev e Óticas Glasses Águas Claras e apoio da Comissão de Popularização do Direito e Comissão Social da OAB/DF.

De acordo com a Diretora do Instituto de Popularização do Direito, Romaly Telesca, a ação comunitária é idealizada juntamente com a Justiça Humanitária Social,  Comissão de Popularização do Direito e Comissão Social da OAB/DF.

Voluntários, como os advogados, que se dispuseram a prestar assistência jurídica às pessoas em vulnerabilidade social em Brasília, bem como profissionais de outras áreas. 

“A gente vai aonde o cidadão precisa conhecer o seu direito, ministrando palestras e esclarecimentos sobre questões jurídicas para as pessoas que não tem capacidade nem financeira e nem entendimento sobre seus direitos”, enfatizando que as questões que necessitem de ações judiciais são encaminhadas para os órgãos competentes como Defensoria Pública,Núcleos de Prática Jurídicas das Faculdades e Fundação de Assistência Judiciária (FAJ).

Para entender melhor, confira abaixo a entrevista realizada no evento sobre a ação:

VÍDEO
Por Cynthia Lima

EnglishFrenchPortugueseSpanish